Da Proibição Nasce o tráfico

Os Cartuns

Quem ganha com tudo isso?

A guerra às drogas não funcionou

A guerra mata mais do que as drogas

Drogas: reprimir mata mais que usar

Drogas: quem manda na sua opinião?

Cartuns

Como falar sobre um tema tão complexo e rodeado de tabus de maneira direta, sensível e provocadora? Cinco dos principais cartunistas do Brasil – Angeli, Laerte, André Dahmer, Arnaldo Branco e Leonardo – criaram uma campanha simples e corajosa sobre os problemas que a proibição das drogas produz na sociedade, propondo uma reflexão sobre estratégias mais eficazes e humanas para lidar com a questão.

» veja os cartuns

Angeli

cartunista_angeli_cartum cartunista_angeli Nasceu na cidade de São Paulo em 1956. Publicou seu primeiro desenho aos 14 anos, na extinta revista Senhor. Como cartunista da Folha de São Paulo, criou a tira diária Chiclete com Banana, que, posteriormente, seria transformada em uma influente revista de quadrinhos independente. Com trabalhos publicados na Alemanha, na Itália, na França, na Espanha, na Argentina e em Portugal, foi um dos 100 artistas mundiais homenageados pelo Google para ter alguns de seus trabalhos expostos em suas interfaces.

Laerte

cartunista_laerte_cartumcartunista_laerte Nasceu na cidade de São Paulo em 1951. É uma das criadoras da revista em quadrinhos Balão e da empresa de comunicação Oboré. Ao longo de sua carreira, publicou seus trabalhos em ve?culos como O Pasquim, O Bicho, O Estado de São Paulo e Folha de São Paulo. Ainda, participou como redatora dos programas de televisão TV Pirata, TV Colosso e Sai de Baixo e editou a revista ‘Piratas do Tietê’, que também dá nome à tira que produz diariamente.

André Dahmer

cartunista_ad_cartum cartunista_adNasceu na cidade do Rio de Janeiro em 1974. Seus quadrinhos são vistos diariamente na Folha de São Paulo e no jornal O Globo. Com oito livros lançados, já publicou no Le Monde Diplomatique, na Revista Sexy, na Revista Piauí, no Portal G1, entre outros.

Arnaldo Branco

cartunista_ab_cartum cartunista_abNasceu na cidade do Rio de Janeiro em 1972.Escreveu e dirigiu a série “Overdose”, da MTV, e trabalhou como roteirista em séries para a TV Globo, Band, Multishow, Canal Brasil, TV Brasil, Disney XD e Cartoon Network. Publicou os livros de quadrinhos “As aventuras do Capitão Presença” (Editora Conrad) e “Mundinho Animal” (Editora Leya), e as graphic novels “O Beijo no Asfalto” e “Vestido de Noiva”, baseadas na obra de Nelson Rodrigues, com desenhos de Gabriel Góes (Editora Nova Fronteira). Atualmente, é quadrinista do jornal O Globo e do portal G1.

Leonardo

cartunista_leo_cartum cartunista_leoLeonardo nasceu em 1973 numa dessas esquinas de Minas Gerais com o Rio de Janeiro.Desenha desde muito antes de ser entender por gente quando, no início da adolescência, descobriu um sentido pra isso através do Angeli e sua Chiclete com Banana. Começou a publicar aos 16, no então já moribundo Pasquim. Queria ser Laerte mas logo percebeu a impossibilidade da pretensão. Entre ilustrações, quadrinhos, cartuns, etc. teve a felicidade de trabalhar em parceria com Arnaldo Branco e, consequentemente, o prazer de conhecer os Dahmer, André e família.